Seja bem vindo
^

Histórico da Raça Yorkshire Terrier


Acredita-se que o Yorkshire Terrier seja proveniente de Terriers e o mais provável que a sua origem venha da Comarca de Yorkshire na Inglaterra. Estes cães foram criados e utilizados para a caça das ratazanas nas minas de carvão e dos moinhos de algodão naquela época.

Para a criação desta raça, os mineiros ingleses realizaram cruzamentos das raças Skie Terrier, Dandie Diamond Terrier, Maltes, Manchester Terrier e as raças que atualmente não existem mais o Clysdale Terrier e o Paisley Terrier. A intenção dos mineiros que trabalhavam nas industrias era obter um cão a partir destes Terriers existentes. A ideia era obter um novo cão que reunisse somente os aspectos mais atraentes e elegantes de cada uma destas raças utilizadas. A pelagem devia ser sedosa, longa, cor marrom tostado claro e não negro. A história mostra que o Yorkshire foi criado para trabalhar, mas aos poucos foi se aperfeiçoando ate tornar-se em cão de companhia.

Foi no ano de 1874 que constam os primeiros registros da raça no Kennel Club Stud Book da Inglaterra. A introdução do Yorkshire nos Estados Unidos aconteceu em 1880 e no Brasil em 1971.

Na atualidade o York é um cão de companhia, com um caráter muito especial, alegre, simpático, com muita vitalidade, elegante e sobretudo muito valente. Ele gosta de compartilhar tudo com os seus donos, é um esportista, adora acompanha-los em caminhadas e também ficar sentado no sofá ao seu lado. Apesar do seu pequeno porte possui características de valor e tenacidade próprias de um cão grande.

Nos últimos anos o Yorkshire demonstrou ser uma das raças mais populares do mundo, baseado na sua beleza, exibida através da sua longa capa sedosa e abundante. O York é também considerado uma das raças mais completas para participar de Exposições Caninas de Beleza.

A minha vida na companhia dos meus Yorkies sempre foi mais rica, feliz e realizada, muito obrigada queridos Yorkies.

Para conhecer o Padrão Oficial da Raça visite o Site da CBKC.